Por que o Segundo Reinado deu tão certo?

Scroll down to content

Escrito por : Antonio Auriemo

Por que o Segundo Reinado deu tão certo?

No ano de 1831 D. Pedro I abdicou o trono do Império do Brasil, e partiu para a Europa. Ele deixava no Brasil seu filho e herdeiro do trono, que tinha apenas 5 anos. Entre 1831 e 1840 (época conhecida como período regencial) o país estava em caos, cheio de dívidas para pagar e com grande instabilidade política e econômica. O povo pediu que Pedro, que na época tinha 14 anos, assumisse o trono. Então em 18 de julho de 1841 aconteceu a coroação de D. Pedro II, um dos maiores líderes que o Brasil já teve. Mas como um imperador, que começou a reinar em sua adolescência, conseguiu fazer o império virar uma das maiores potências da época? No Segundo Reinado D. Pedro fez a economia e a política do Brasil andarem juntas.

Foi com o seu carisma, e sua competência, que D. Pedro II conseguiu a estabilidade política e econômica no Brasil. Para manter a estabilidade política e o país unido, o Brasil passou a ser governado pelo modelo constitucional parlamentarista. Haviam 4 poderes, o imperador representava o poder moderador, ele governava junto com um primeiro ministro escolhido por ele. D. Pedro alternava entre ministros de um partido liberal e um de um partido conservador, assim ele conseguia agradar os dois lados e ainda manter o país estável e unido politicamente.  

Quanto o aspecto econômico, no século XIX, café passou a se tornar o principal produto exportado pelo brasil, graças ao encorajamento de Pedro II à plantação de café ao invés da de açúcar. Com a alta demanda do café por países europeus o café foi se consolidando na economia. O Brasil teve um crescimento de 900% no setor agrícola, e se tornou o maior exportador de café do mundo. Outro fator que também ajudou a economia foi que a partir da segunda metade do século XIX, por causa de leis a favor dos direitos escravistas, uma onda de imigrantes chegou ao país para trabalhar em fazendas. Porém nas fazendas os imigrantes eram tratados como se fossem escravos, então eles logo migraram as cidades. Junto com o investimento do governo em obras sociais como, ferrovias e linhas de telégrafo, pequenos vilarejos como São Paulo se tornaram grandes metrópoles.

Dom Pedro II se empenhava 24 horas por dia para que seu país tivesse números surpreendentes. Foi com a descentralização política, alternando o poder entre ministros conservadores e liberais, o crescimento do café na economia, e por último a urbanização, com a onda de imigrantes vindo ao país e o investimento do governo em obras sociais, que o imperador fez com que o Brasil no Segundo Reinado tivesse a economia e a política, andando juntas.

 

8 Replies to “Por que o Segundo Reinado deu tão certo?”

  1. Antonio
    Vc realmente escreve muito bem!
    É gostoso de ler, entender e lembrar bons momentos da história…
    Parabens!

  2. Demais To! A história é encantadora ainda mais em um texto bem escrito e gostoso de ler como esse!

    Parabéns!

  3. Antonio estou adorando.
    Parabéns pela iniciativa.
    História é um campo infinito, e você escolhe períodos interessantes e escreve com muita clareza. Beijos. Beatriz

  4. Antonio estou gostando muito de ler os seus textos ! Muito bom relembrar e aprender coisas novas . Impte seu convite à reflexões! Bjo gde 👏👏

Deixe uma resposta para Ciça Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: